Arquivo do autor:quelcaldas

Pausa para um cafezinho

Tomo o  café-da-manhã na casa de minha mãe, com ela e para estar com ela. O café não me desperta, mas completa o ato. Há dias, entreranto, que tomo um segundo café antes de chegar ao câmpus. Adio minha chegada, … Continuar lendo

Publicado em nonada | Deixe um comentário

Hemingway

No verão de 1975 descobri Hemingway. Passávamos as férias numa casa alugada em Mongaguá e uma edição com uma história de Hemingway com o personagem Nick Adams apareceu por ali. Acho que era um brinde na compra de uma revista. … Continuar lendo

Publicado em nonada | Deixe um comentário

Quaresma

Este ano o Carnaval invadiu a Quaresma e eu não gostei. São eventos diferentes: um é todo exterior, o outro todo interior. Um é se mostrar aos outros, o outro é tentar se ver. Um é em alto volume, o … Continuar lendo

Publicado em nonada | Deixe um comentário

Antecipando o tempo

Há 20 dias tenho dormido um sono picado. Uma nova queda de minha mãe – desta vez mais grave e que a obriga a dormir mal por causa de um colar cervical – tornou meu sono leve e assustado. E, … Continuar lendo

Publicado em cantastorie de me stessa

O tempo do gato

Gatos vivem seus tempos de uma maneira  intrusiva muito peculiar no tempo dos outros – diferentemente de cães e algumas pessoas. Sim, sentei na poltrona com o laptop no colo (onde mais) para escrever um post antes do final do … Continuar lendo

Publicado em nonada | Deixe um comentário

timming

Continuo pensando no tempo. Agora fiquei obcecada com o fator “timming”. Contraditória que sou, continuo pensando na “serendipity”, situação que para existir não deve permitir o “timming”.  

Publicado em cantastorie de me stessa, nonada, words | Deixe um comentário

Le temps pendu

Vivo um momento peculiar, já que a “normalidade” e a rotina se converteram no diferente e no imprevisto. Além disso, minha natural agitação, que me leva a estar sempre em movimento (inclusive nos sonhos) está enfraquecida e, embora eu me … Continuar lendo

Publicado em nonada | Deixe um comentário