Olhar sem olhar

Quando se vive há tanto tempo em um lugar, diminui-se a capacidade de indignar-se. Há muito tempo, conversando com uma conhecida estrangeira que morava no Brasil, ouvi dela que, depois de 3 meses aqui ela já “não via a miséria” e isso a impressionava muito.

Será que é isso que nos acontece agora? A violência urbana é tão grande no Brasil e nossa necessidade de (sobre)viver é tanta que olhamos a realidade sem olhar. 

Esse post foi publicado em nonada. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s