Poesia

Releio Adélia Prado antes de dormir como forma de orar.
Uma vez, há muitos anos, não me veio o Pai Nosso na hora da angústia, mas uns versos de Dylan Thomas. Percebi então o que era orar e , algumas vezes até escrevi as minhas orações.
Mas nos últimos tempos só Adélia mesmo.

IMG_3481.JPG

Esse post foi publicado em nonada. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s